Minha gratidão a tudo que deu errado...

10 março 2017 |

...mas acabou dando certo.

Gratidão, Caprichos by Neli

Vivemos num mundo de provas e expiações (pena, pagamento) e aqui nada é felicidade plena, realização total, sempre haverá em nossos caminhos obstáculos, alto e baixos, alegrias e tristezas, fases tranquilas e fases conturbadas.

Estava eu na minha vidinha, em paz, quando no dia 19 de fevereiro, há 3 semanas, celular toca e os amigos do meu filho avisam que o Gabriel caiu do skate. Os meninos, bem espertos, já tinham ligado pro SAMU e lá fui eu pra Santa Casa da minha cidade. 
Resultado da queda: luxação do cotovelo, ou seja, os ossos se desencaixaram.
Na minha pequena cidade, sem ortopedista no plantão fomos para a cidade vizinha para fazer a tal da redução (procedimento que poem os ossos no lugar), mas este procedimento poderia ocasionar uma fratura...e foi isso que aconteceu.
Enfim, ossos no lugar, uma fratura e ele teria que ficar internado para fazer uma cirurgia e por um parafuso.

São coisas que acontecem tão de repente e pega a gente totalmente desprevenida.
Em resumo, ficamos no hospital, no dia seguinte ele foi operado no final da tarde, no outro dia teve alta.
Na quarta-feira desta semana ele voltou ao hospital para tirar os pontos e também foi liberado de usar uma tala para manter o braço na posição correta.
Minha gratidão por tudo isso ter terminado bem, apesar dos inconvenientes de passar quase 48 horas num hospital, depois mais algumas horas para tirar os pontos.

Gabriel, 16 anos, se portou muito bem, sem mimimi, nem chorou ou desmaiou na hora de por, a sangue frio, o cotovelo no lugar.
Levou tudo numa boa.
Teve alta numa terça-feira a tarde e na quarta-feira de manhã já tava assistindo aula.
Só assistindo, pois o braço quebrado foi o direito e filhote é destro.

Gratidão, Caprichos by Neli

Foram dias tensos e cansativos, muitas idas e vindas entre a minha cidade e São José do Rio Preto, distante uns 50 Km, mas meu marido estava presente quando eu estava ausente e não podia faltar no trabalho, tive a colaboração de familiares para ficar com a minha filha e a atenção de amigos.
Minha gratidão a todas essas pessoas que colaboraram ou se preocuparam, ligando e mandando mensagens.

Gratidão por mais uma fase conturbada, pois são nesses momentos que nos tornamos mais fortes.
Gratidão pois, apesar do susto e da correria, foi um acontecimento que não trouxe grandes consequências.
Gratidão por meu filho ainda ser jovem e ver que por conta disto sua recuperação foi e está sendo excelente.
E gratidão por eu estar aqui na blogagem coletiva #52semanasdegratidao contando para vocês sobre mais uma fase difícil da minha vida, mas com final feliz!

Participe e conheça outras histórias no blog da Elaine Gaspareto.

Acompanhe as atualizações do blog e um pouco do meu dia a dia nas redes sociais


11 comentários:

Ipsis Litteris disse...

Neli que susto hein! Nossa quando fala de filho a gente até treme na base. Mas, graças a Deus tudo saiu bem! Desejo para todos vocês uma tarde com sorvete, muitas gargalhadas, beijinhos e principalmente Paz e Bem! Depois de um susto nada melhor que reunir a família para agradecer. Bjs. Nice

Ana Maria disse...

Que barra heim! me lembrei da dor que é botar um braço no lugar, já quebrei o meu e quis socar o medico que concertou, rsrsrs. Que bom que tudo terminou bem, e que seu filho está se recuperando. Bom final de semana para você e família!

✿ chica disse...

Tão bom quando essas guinadas na vida acontecem e o resultado´dá certo assim! Vale agradecer! bjs, chica

Roselia Bezerra disse...

Boa tarde, querida Neli!
Bom poder cair e levantar ou se machucar e se recuperar!
Que ele fique cada vez mais fortezinho!
Bjm muito fraterno

SÔNIA R.B. disse...

Neli, boa noite.
Graças a Deus deu tudo certo.
A vida é um fio tudo bem e de repente nem tanto, mas vida segue.
Que teu rapaz continue se recuperando.]Bj

ADRI disse...

Neli,que bom que as coisas já se resolveram e ele está bem.Sei que o susto foi grande,mas já passou.
Bom fds.

Maristela Guilherme disse...

'Em tudo dai graças."
bjinhos

Maria Reciclona disse...

Querida Neli. Como é bom entender as provações como uma oportunidade de aprendizado. Um momento difícil superado com amor, colaboração e compreensão...
Que Deus faça com que todos estes sentimentos cresçam e os fortaleçam para uma caminhada feliz e evolutiva nesta existência. Recebam todos meu abraço.

Jô Turquezza disse...

Oi Neli. Depois que temos filhos o coração está sempre "na mão".
Que ótimo que correu tudo bem. Saúde e paz para vocês.
jo turquezza mundial
Beijos.

Betty Gaeta disse...

Oi Neli,
Não sabia que o seu filho tinha passado por este perrengue. ainda bem que ele está se recuperando. Depois que a gente tem filhos, não importa a idade que eles tenham, nunca mais dormimos direito.
Bjs

Adriana Julia disse...

Que bom que tudo terminou bem Graças a Deus

 
Caprichos by Neli © - Todos os Direitos Reservados
Desenvolvido por Onze Web.