Conheça as principais doenças que atingem as mulheres

13 março 2017 |


Já que estamos no mês de março, que se comemora o Dia Internacional da mulher, vamos aproveitar e cuidar da saúde primeiro, por isso separamos as principais doenças que atingem as mulheres para você se informar e se cuidar.
Existem doenças típicas do sexo feminino. Estes incluem doenças ginecológicas, tais como câncer de mama, infecção vaginal ou inflamação dos órgãos genitais. Mesmo doenças como enxaqueca e bulimia afeta principalmente o sexo feminino. Os órgãos afetados, a partir dos ovários para os seios, podem ser atacados por doenças graves.

Há um número de doenças que só ocorrem em mulheres e são típicas doenças ginecológicas são: inflamação dolorosa da mama, cistos ováricos e cólicas menstruais.


Infecção da mama (mastite)

Mastite geralmente ocorre durante a lactação (mastite puerperal) ou sem (mastite não puerperal). No entanto, o último é raro.
Mastite aguda manifesta-se por febre alta, dor e distensão, bem como vermelhidão e calor da mama.

Uma mulher reclama para a enfermagem de febre, a causa - mesmo sem outros sinais – pode ser uma infecção da mama em seus estágios iniciais. Em seguida, consultar um médico é necessário. Às vezes é suficiente colocar o peito para se refrescar, mas em casos graves, os antibióticos são necessários.
A produção de leite pode ser inibida, sob supervisão médica.

Cistos Ovarianos

A maioria dos cistos ovarianos são cistos funcionais. Estas são estruturas hormonais influenciada por líquido ou cheia de sangue no ovário. No entanto, estes são prevalentes na idade reprodutiva.

Cisto funcional pode ocorrer nos ovários por hormônios endógenos, como resultados de alterações inofensivas e normais, relacionadas com os ciclos. Eles são referidos no jargão técnico como "folículo". 
Cistos funcionais são comuns e são na sua maioria inofensivos. Embora eles possam ter até dez centímetros de tamanho.

Outras causas para o desenvolvimento de cistos funcionais podem ser tratamentos hormonais para a endometriose, uma desordem do córtex suprarrenal, ou doença da tiroide.
A partir da idade de 40 anos e depois do último período menstrual (pós-menopausa), é importante não deixar de observar e clarificar os cistos.

Cólicas Menstruais

O período menstrual afeta todas as mulheres de forma diferente enquanto alguns são fisicamente e completamente livres de sintomas, a maioria das mulheres sofrem de uma redução no desempenho físico ou mental. Porque é a alteração dos níveis de hormônios no período da menstruação.
Nos primeiros dias vêm através de dores ou cólicas no abdome e nas costas. Isto resulta em fadiga, irritabilidade, náuseas, dor de cabeça, lesões na pele, perda de apetite ou desempenho reduzido.
Muitas vezes, estas são as consequências das alterações hormonais -, mas também distúrbios orgânicos ou fatores psicológicos podem ser responsáveis.

Durante a menstruação, evitar o estresse e esforço físico. Em contraste, atividade física, dieta equilibrada e relaxamento pode melhorar o bem-estar físico e mental.
Para combater cólicas, além de recorrer aos analgésicos, ajuda também medicamentos homeopáticos ou outros suplementos.
Um banho quente também pode trazer alívio para a dor abdominal. 

Obesidade em Mulheres

A obesidade não é um problema exclusivamente feminino mas é com certeza um dos problemas mais preocupante para as mulheres, além de ser um problema de saúde é também de beleza e estética.
A obesidade traz consigo vários riscos à saúde e em um nível mais elevado como a obesidade II e III a pessoa passa a ter pressão alta, diabetes tipo 2, colesterol, inchaço, fadiga e outros.
A maioria das pessoas obesas são devido a má alimentação e ao sedentarismo, isso traz outros riscos à saúde da mulher, como câncer de mama, outros canceres, distúrbios menstruais, cólicas, dor de cabeça, osteoporose e outros.
Isso porque pesquisas já demonstraram que alimentação incorreta e falta de atividade física aumenta os riscos de todas as doenças citadas e a não mudança de hábito compromete o resultado do tratamento. Inicie com um bom plano diário como uma boa dieta para emagrecer e exercícios leves.

*Este é um guest post escrito por Rosi Feliciano.

Acompanhe o blog pelo:

Beijos!!


2 comentários:

Adriana Balreira disse...

Esse negócio de ser mulher!!! rsrs... como temos doenças só nossas, né! aff... Um horror! Tinha ovário com micropolicistos, mas atualmente não mais. Graças!!!
Beijos
Adriana

Prof Rosi Oliveira disse...

O Dia Da Mulher é uma data muito importante, por isso dicas para a saúde sempre cai bem.

 
Caprichos by Neli © - Todos os Direitos Reservados
Desenvolvido por Onze Web.