Meu pequeno grande companheiro


Meu pequeno grande companheiro, Yorkshire


Meu agradecimento, nesta semana, vai para todos os meus companheiros de 4 patas que já passaram pela minha vida.
Minha gratidão, em especial, vai para meu atual pequeno grande companheiro, o Thor.

Pode parecer exagero, mas da mesma forma que agradeço a Deus por ter meus filhos e meu marido, eu também agradeço por ter o Thor em minha vida.
Ele vai fazer 2 anos no final de março, está conosco desde maio de 2015 e a partir de então é só alegria e um pouquinho de preocupação também, pois quando pegamos a guarda de um serzinho como este, temos que estar sempre atentos, como se fosse uma criança. E sempre verificar se está tudo bem, que ração ele mais se adapta, cuidado com as brincadeiras, já que trata-se de uma criaturinha bem pequena que pode se machucar num gesto mais bruto, a escolha do veterinário, que a gente tem que ter empatia e que seja de boa reputação, encontrar um petshop de confiança para o banho e tosa (morro de medo dessa escolha, a gente nunca sabe o que fazem com eles lá dentro, não é mesmo?)

Meu pequeno grande companheiro, Yorkshire

E de todos os cachorros que tive, e olha que foram muitos, o Thor é sem dúvida o que está sempre ao meu lado (parece nome de filme).

Sim, tive muitos cachorros, quase todos eles adotados. Cada um com sua história, com sua personalidade, que apesar de já não estarem mais aqui, deixaram suas marcas em mim. Eu vou levar suas lembranças para o resto da minha vida.

E foi alguns deles que me ensinaram a demonstrar minhas emoções.
Eu era uma jovem adolescente muito reservada, raramente externava o que estava sentindo, se estava triste ou que sofria.
E foi com alguns cachorrinhos que tive e que ficaram doentes que "entreguei os pontos" e passei a chorar em público, a sofrer junto com eles. Isto parece que me libertou, me tornou mais humana.

Meu pequeno grande companheiro, Yorkshire


Mas, voltando ao Thor...um cachorro sempre escolhe alguém da casa para ele ser o dono. Pois então, o Thor me escolheu!
Todos aqui gostamos dele, brincamos, cuidamos, demonstramos nosso amor, cada um do seu jeito, mas é a mim que ele segue como uma sombra. 
Ele entende quando eu me arrumo para trabalhar e ele fica deprê sabendo que não pode ir junto, e entende quando estou de short e camiseta e atendo o celular sabendo que é para buscar um dos filhos em alguma festa, ai ele pode ir junto no carro e fica pulando na minha frente, feliz por poder passear.
E é também meu companheiro quando estou praticando meu hobby preferido, a leitura.

Então aproveitando a Blogagem Coletiva #52semanasdegratidão da Elaine Gaspareto, agradeço ao Cris, ao Bob, Toco, Fred, Dick, Belle, Rick, Rebeca, Pitt, Kate, Fred, Mia e Ted por terem feito parte da minha vida, por terem me dado alegrias e tristezas, pois, se chorei ou se sorri, o importante é que emoções eu vivi...com eles do meu lado.


Acompanhe as atualizações do blog :

Beijos!!

19 comentários:

✿ chica postou o comentário número:

Que amor esse companheirinho e saber agradecer por todos eles que em nossas vidas são lembrados e nos alegrara é legal! bjs, lindo fds! chica

Tatiana Candido Vilela postou o comentário número:

Oi Neli. Ri lendo sua "listinha" com o nome dos bichinhos. Fez-me lembrar do meu Bob, que também foi um companheiro querido.
Abraços
Oceano Particular

Roselia Bezerra postou o comentário número:

Bom dia, querida Neli!
Pois eu lhe digo que vc tem toda razão em ser grata pelos bichinhos amados... já os tive e sei bem o quanto nos alegram...
Hoje, não os tenho mais pois quero ser livre para voar mas é uma amizade sincera e leal como poucas...
Bjm muito fraterno

Fernanda Reali postou o comentário número:

Ai, que lindo o teu filhinho! amo tanto, chego a amar minhas cachorras mais do que já amei muitos humanos. <3

Elisandra Eccher de Andrade postou o comentário número:

Oie Neli,

Que lindo esse post, realmente esse "filhos" de 4 patas são parte da família e tememos por eles até quando levamos ao petshop mesmo. Mas são uma alegria incontável em nossa vida. É difícil ficar longe deles. Amo tanto a minha dana que nossa é complicado dimensionar. É sempre bom ter a companhia deles e o amor.

Lindo seu agradecimento. Muitos anos felizes ao lado do seu Thor.

Beijos Elis
http://amagiareal.blogspot.com.br/

Andreia Alves postou o comentário número:

Oi Nely que lindo seu cãozinho!
Eu tb vou fazer um post com meu Cookie ele é razão de muito amor e alegria na minha vida.
É um amor sincero, sem cobranças são companheiros fiéis e inseparavéis!
Amooooo....
Bjooo minha linda.

Sarah Guimarães postou o comentário número:

Animais de estimação são anjinhos de quatro patas. Também sinto muita gratidão pelas minhas gatinhas...

Adelaide Araçai postou o comentário número:

Ah amiga esses seres são portadores de alegria constantes, são eternas crianças que nos dão amor e remetem a gratidão sempre.
Muita Luz e Paz!
Abraços

Claudia Leonardi postou o comentário número:

Querida Neli
Amei sua postagem e fiquei emocionada com ela
Também amo meu filho peludo e amo todos os cachorros que já passaram na minha vida
Muito linda sua reflexão.
Vida longa e muito amor ao Thor!
Ah, e vamos ler bastante neste ano!
Bjks mil

SÔNIA R.B. postou o comentário número:

Neli:
Te entendo bem, porque tenho 2 caninas que amo de paixão. Eles tem o dom de despertar nosso melhor lado.
beijocas
Sônia
www.lugaresdicasecuriosidades.com

Wérika Weryanne Souza postou o comentário número:

Que lindooo seu dog... Gosto de cachorro, acho muito bonito quem tem... mas eu particularmente nao gosto! Quando a minha avó morou comigo, eu cuidei da dela... ela estava acamada. E a bichinha morreu nos meus braços. Chorei tanto que nunca mais pensei na hipótese de voltar a ter um. Uma curiosidade: você já leu a série Cris da Robin Jones Gunn ? Pq alguns dos nomes dos seus outros bichinhos são de personagens dessa série ... fiquei pensando, se seria coincidência ... Ótimo domingo <3

Maria Reciclona postou o comentário número:

Oi querida Nely. Que lindeza de post. Tão cheio de delicadeza e amor.
Que você seja sempre abençoada pelas adoções, cuidados, gentilezas e amor dedicados a esses seres de quatro patas que passaram por sua vida. Que você receba sempre muita alegria e paz advinda de todos eles. De mim, receba meu forte abraço e admiração.

Valéria Russo postou o comentário número:

Neli, esses anjinhos de 4 patas nos trazem tantas alegrias e aprendizado, te entendo perfeitamente. Já tive muitos deles, todos adotados tb, me nego a comprar bicho, não é mercadoria. Mas antes de vir morar aqui tive de deixar parte de meu coração no Brasil, minhas meninas, meus amores, Teresa e Clarice( doei as duas) e tomei uma decisão, nunca mais vou criar bicho por mais que me derreta ao ver um, nunca mais, dói demais a dor da separação e te confesso que até hoje não me recuperei. Não tinha condições de atravessar o oceano com elas, mas dói, dói muito, minha pits babys minhas brutas que só sabiam amar. Saudade dói. Curta muito seu THor, melhor amigo do mundo, ele é lindo. Amei a postagem. Feliz semana, bjuivos no seu coração.

Loba.

Betty Gaeta postou o comentário número:

Oi Neli,
Adorei a sua homenagem ao Thor! eu por aqui tenho o Toninho (cão) e 5 gatos: Menina, Fidel, Biscoito, Giorgio e Chloé.
O mais apegado a mim é o Giorgio. O Toninho é do meu marido, eu faço parte da matilha.
Bjs
GOSTO DISTO

A Casa da Sherazade postou o comentário número:

Neli, que lindo seu Thor...
E dá pra ver que é muito companheiro...
Que delicia...
Adotei uma gatinha essa semana...
Ta linda aprendendo as coisas e querendo brincar o tempo todo...
Bjs,
Andréia

Anônimo postou o comentário número:

Olá Neli esses amores de 4 patas, são uma bênção em nossas vidas! O meu morreu há 4 anos e até hoje não consegui ter outro parceirinho, ele se chamava Nicolas, um fofinho,mas arteiro como só (rs). Gratidão sempre pelos animais! Bjs Nice

Meri Pellens postou o comentário número:

Eles fazem parte de nossa vida, nos amam como ninguém, e merecem sim toda nossa gratidão. Lindo post.
Bjk e tudo de bom.

Elaine Gaspareto postou o comentário número:

Neli, apaixonei pelo seu Thor.
Detalhe do nome, a gente pensa em um baita cachorrão, e o seu Thor é essa coisa fofa e peluda, com esses olhos irresistíveis. Lindeza!

Entendo perfeitamente o que você diz sobre eles, os cachorrinhos, ensinarem a gente a demonstrar emoção.
Sou aquela pessoa que raramente disse eu te amo, mas pra ele eu falo toda hora, e isso meio que me destravou pra falar...

Aqui minha sombra é Menininha. Sinto um aperto só de pensar que ela tá ficando velhinha e que não vai durar pra sempre comigo...
beijossss

Elaine Gaspareto postou o comentário número:

Neli, não precisa liberar esse comentário, tá?
É só pra avisar que, depois de muitos anos, postei uma tag literária no blog e te indiquei.
Fique à vontade pra recusar, mas se responder me diz, vou gostar de ler :)
Aqui:http://www.elainegaspareto.com/2017/02/tag-literaria-para-quem-ama-livros.html
bjssss