Sintomas de uma depressão pós-parto

15 julho 2016 |


Sintomas de uma depressão pós-parto

Muitas “primeiras mamães” ficam nervosas quando vão dar a luz ao seu primeiro filho.
Apesar de isso ser um quadro perfeitamente normal, algumas mães acabam por desenvolver uma condição relativamente comum chamada depressão pós-parto.
A famosa depressão pós-parto normalmente está relacionada principalmente a fatores emocionais e em como a mãe vê a chegada do seu filho e como ela se sente preparada ou acolhida para efetuar a sua função como mãe.
Veja abaixo os sintomas de uma depressão pós-parto

  • Tristeza frequente
Um dos sintomas mais comuns é a tristeza que acontece logo após o parto e começa a perdurar por um tempo considerável ( 2 a 4 semanas por exemplo ).
Essa tristeza começa a desencadear uma série de outros fatores emocionais e agravam também o comportamento da mãe em relação ao seu filho. Muito dessa tristeza está atrelada na insegurança, se realmente será capaz em desempenhar o papel de mãe.
Esse é um dos principais sintomas de uma depressão pós-parto.

  • Apatia
Outro sintoma comum que anda de mãos dadas com a tristeza frequente é a apatia.
A mãe passa a perder o prazer de diversas atividades diárias comuns, apresentando uma dificuldade até mesmo para fazer algumas tarefas bem básicas.
Esse é um dos sintomas que mais chamam a atenção junto com a tristeza frequente e é também um dos principais sintomas de uma depressão pós-parto.


  • Cansaço e falta de energia
Esse sintoma só pode ser considerado se estiver presente um outro sintoma comum da depressão pós-parto.
A razão disso é que o cansaço após o parto é uma questão individual e que depende de mulher para mulher.
Algumas mulheres podem se sentir ligeiramente cansadas por um período de tempo um pouco maior o que significa que seu corpo ainda está se recuperando de todo o estresse causado pela gestação, o que com certeza não caracteriza um sintoma de uma depressão pós-parto.

  • Sentimentos de inutilidade
Esse é um dos sintomas de uma depressão pós-parto que são muito comuns.
A jovem mãe passa a se questionar se consegue dar conta de todas as tarefas e principalmente se é responsável ou competente o suficiente para cuidar de um filho. Apesar de toda mãe passar por isso, nesse caso esse sentimento de inutilidade é mais forte e leva frequentemente a uma parada na tomada de decisões da mãe.
Esse sintoma não deve ser considerado como um dos sintomas da depressão pós-parto se for visto apenas de maneira isolada.

  • Pensamentos de suicídio
Apesar de ser um pouco mais raro, esse também faz parte de um dos sintomas da depressão pós-parto.
Faz parte de um agravamento da situação da mãe e apresenta uma urgência no tratamento e no apoio.
Algumas mães com um pensamento um pouco distorcido da realidade e por achar que não conseguem lidar com tanta pressão começam a ter pensamentos recorrentes de suicídio como uma suposta “solução” dos seus problemas.
É o sintoma mais sério relacionado a depressão pós-parto e deve ser levado em consideração como um agravamento da doença.

Algumas considerações
Normalmente não há a necessidade da utilização de medicamentos antidepressivos para combater a depressão pós-parto. No entanto se o quadro se tornar muito grave, os medicamentos ( como cloridrato fluoxetina ) podem fazer parte do tratamento.
Importante também ressaltar a importância de toda uma equipe multidisciplinar de profissionais da área da saúde para fazer o diagnostico dessa condição.

Os sintomas de uma depressão pós-parto não devem ser avaliados por uma pessoa que não seja um profissional da saúde.

*Este é um guest post escrito por Elizabeth Johnson.

Beijos!!


3 comentários:

Bell disse...

Gostei, tudo na vida da mulher muda qdo ela tem o bebê.
Muita gente não entende mas sempre há um stress em torno desse processo.

bjokas e um ótimo fds =)

desideri chic disse...

ciao ti seguo come follower, se ti fa piacere ti aspetto nel mio blog :)
http://desiderichic.blogspot.it/
https://www.facebook.com/atelierdesiderichic/

Betty Gaeta disse...

Oi Neli,
Todos os sintomas descritos não são apenas de depressão pós parto, mas de depressão. De certa forma tive todos por ocasião do CA de mama e fui tirada do quadro com o remédio que vc citou.
Bjs
gosto-disto

 
Caprichos by Neli © - Todos os Direitos Reservados
Desenvolvido por Onze Web.