Meio Rei - Resenha


Meio Rei, Joe Abercrombie, Editora Arqueiro
Meio Rei 
Joe Abercrombie

Resenha: Livro do gênero fantasia, estou acostumada com este gênero mas na versão cinematográfica, adoro um filme de fantasia, que junto traz também muita aventura, uma mistura de culturas antigas, lendas, é uma viagem no tempo, mas sem uma época definida.
Vamos acompanhar Yarvi, que após o assassinato de seu pai e seu irmão mais velho, torna-se rei de Gettland. O problema é que Yarvi, por ser o filho caçula e ter uma deficiência em uma das mãos, ele não foi treinado para ser um guerreiro, seu aprendizado foi voltado para que ele fosse um Ministro, que era um conselheiro do rei e também uma espécie de sacerdote.

Mas o reinado de Yarvi é bem curto, pois seu tio Odem trama uma emboscada para se livrar do novo rei. Odem acredita ter matado Yarvi, mas ele sobrevive e é vendido como escravo. É a partir deste ponto que a aventura começa. 
Por toda a sua vida Yarvi foi poupado de enfrentar as adversidades, por ser muito fransino, por ter deficiência física, por ser um príncipe e agora, na função de remador ele enfrenta as mais duras provações.

Nessa nova etapa de sua vida ele vai ter que enfrentar o frio, a fome, o chicote, a degradação humana. Isto o fortalece, isto faz de Yarvi um homem.
Por força das circunstâncias ele vai conhecer um tipo de gente que jamais conheceria sendo somente príncipe ou rei. Essa gente que vem dos mais diversos lugares, vai se tornar seus verdadeiros amigos. Diante de tantas dificuldades que irão enfrentar eles se mostrarão leais, corretos e justos, qualidades que nunca encontrou entre seus antigos conhecido junto à corte de Gettland.

Meio Rei, Joe Abercrombie, Editora Arqueiro


Meio Rei não me empolgou de início, achei seu começo bem devagar, com capítulos curtos. Mas depois que Yarvi se rebela em sua condição de escravo, aí a leitura empolga.
O que é bem destacado em toda a trama é a deficiência que ele tem em uma das mãos, Yarvi possui uma deformidade chamada ectrodactilia, que deixou sua mão esquerda com aparência de garras de lagosta. Por ter nascido aleijado ele foi sempre humilhado e isto interferiu em sua personalidade, se tornando um jovem tímido, retraído, com auto-estima baixa. Deu a entender que toda pessoa com deficiência tenha que se sentir inferior.

Porém, o ponto positivo foi que desenvolveu uma inteligência aguçada, com raciocínio rápido para sair de situações difíceis, além de grande talento no campo da diplomacia.
Mas parece que o autor, Joe Abercrombie, quis evidenciar as deficiências físicas, pois temos outra personagem com uma condição peculiar, Sumael, tem lábios fendidos, ou seja, ela tem lábio leporino, mas diferentemente de Yarvi, ela é confiante e determinada.

Meio Rei é uma leitura para te levar para outro mundo, literalmente. Um livro recomendado para qualquer idade, mas principalmente para adolescentes. Não há cenas de sexo. O nível de violência é bem dosado, sem excessos e mostra como um jovem de pouca expressão pode se tornar um homem valoroso, além de nos depararmos com um final inesperado, seja na luta pela reconquista do trono ou no cumprimento de um juramento para vingar a morte do pai.

Meio Rei é o primeiro livro da trilogia Mar Despedaçado.

Título: Meio Rei
Autor: Joe Abercrombie
Páginas: 288
Assunto: Fantasia/Ficção inglesa

Sinopse: AQUI











Beijos!!

0 comentários: