Lançamentos Editora Sextante - mês de Julho


101 brasileiros que fizeram história, Jorge Caldeira, Editora Sextante
101 Brasileiros que fizeram História
Jorge Caldeira
Uma saga em 101 vidas.
Você vai conhecer os grandes construtores do Brasil.
Desde o primeiro homem a desembarcar de um navio, em 1500, e conviver com os habitantes da floresta tropical, até figuras notáveis dos dias de hoje que empreenderam o desafio de viver na primeira sociedade multiétnica do planeta.
Fizeram uma grande história.

Uma leitura surpreendente e imperdível.







Conselhos para um jovem príncipe, Alexi Lubomirski, Editora Sextante
Conselhos para um Jovem Príncipe
Príncipe Alexi Lubomirski
Filho de mãe peruana e pai polonês, Alexi Lubomirski cresceu em Botsuana e na Inglaterra. Aos 11 anos, ficou sabendo de sua herança ancestral e sua linhagem aristocrática polonesa. Descobriu que era um príncipe de verdade.
Mas o que significa ser um príncipe nos dias de hoje?
Para Alexi, a nobreza é mais que um título: é um estado de espírito, um conjunto de atitudes, um estilo de vida baseado na verdade, na integridade e na generosidade.
Escrito originalmente como um presente de aniversário para seu primogênito, Conselhos para um jovem príncipe reúne ensinamentos universais e atemporais sobre diversos assuntos, do romance à espiritualidade, passando por boas maneiras e cavalheirismo, amor, equilíbrio e liderança.

A coroa, a cruz e a espada, Eduardo Bueno, Editora Sextante
A Coroa, a Cruz e a Espada
Eduardo Bueno
Em 1548, com a derrocada das capitanias hereditárias, Portugal decidiu estabelecer um Governo-Geral no Brasil. No ano seguinte, o militar Tomé de Sousa desembarcou na Bahia, acompanhado por burocratas, funcionários públicos, soldados e degredados. Sua missão era construir a primeira capital da colônia e estabelecer a lei e a ordem em todo o território.
A cidade – erguida em regime de empreitada, com licitações fraudadas e obras superfaturadas – de fato foi construída. Mas a lei e a ordem não fixaram residência ali. Pelo contrário: a desordem e a ilegalidade se tornaram a regra, não a exceção.
Com a substituição do rígido Tomé de Sousa pelo corrupto Duarte da Costa, o que já estava ruim ficou pior.
Ao mergulhar no cotidiano de uma sociedade marcada pela desigualdade, pelo
desrespeito às leis, pelo uso do aparelho do Estado para obtenção de benefícios
pessoais, pelo clientelismo e pela corrupção generalizada, este livro ajuda a desvendar a origem de algumas das mazelas que continuam minando o pleno
desenvolvimento do Brasil.

Diário de um zumbi do Minecraft #7, Editora Sextante
Diário de um Zumbi do Minecraft
Uma família Horripilante
cada cem anos, uma horda de zumbis se reúne para provocar o caos. Um ataque surpresa? Não! É a reunião da família Zumbi!
Matusalém Zumbi, o tatatatatatataravô do zumbi, vai completar 1.000 aninhos!
Para comemorar essa data tão especial, a família inteira vai se encontrar no Grande Cânion Zumbi.
Só que as coisas nunca são fáceis para o nosso amigo e, depois de uma confusão, zumbi ficará perdido no meio do nada.
Pelo menos ele não estará sozinho. Com a ajuda de Piggy, Steve e o irmão caçula, o zumbi terá que enfrentar muitos perigos para voltar para sua família.
Será que eles vão conseguir sobreviver à maior aventura de suas vidas?


Eu sou as escolhas que faço, Elle Luna, Editora Sextante
Eu sou as escolhas que faço
Elle Luna
Há dois caminhos na vida: o caminho da segurança e o da paixão. Sempre encontramos essa encruzilhada. E, todos os dias, fazemos uma escolha.
Que escolha você tem feito?
Cada um de nós tem um potencial único que nos foi dado ao nascer, mas se vamos cultivá-lo ou não depende apenas de nós mesmos. Em seu sentido mais puro, a paixão é a razão por estarmos aqui – e escolher segui-la é a jornada mais importante
da nossa vida.





No meio do caminho tinha um amor, Matheus Rocha, Editora Sextante
No Meio do Caminho tinha um Amor
Matheus Rocha
Às vezes, a gente insiste em viver um relacionamento que já chegou ao final faz tempo. Tentamos resistir, fazer de tudo para durar mais, lutando para trazer de volta os momentos mágicos do início. Mas, quando o amor acaba, no lugar do conforto e do carinho que existiam só restam feridas que vão doer por um bom tempo e deixar
cicatrizes que não desaparecerão. Porque o amor nem sempre é para sempre.
Com o fim vem a tristeza, a saudade, a mágoa, o desespero e a vontade de nunca mais sentir aquela dor. Aí fechamos as portas ao perigo de sermos machucados outra vez, mas também à chance de sermos amados de novo.
Um belo dia, quando as lágrimas já secaram e nos esquecemos do desconforto, com muito cuidado abrimos uma fresta só para ver a vida lá fora. E, assim como um raio de sol que entra por qualquer brecha, de repente uma vontade de recomeçar nos invade e tudo volta a fazer sentido. E, sem nem saber como, no meio do caminho avistamos novamente o amor – e a certeza de um novo começo!




3 comentários:

Pepa postou o comentário número:

Oi Nely, é a Vi, fiquei curiosa por ler Conselhos para um jovem príncipe, acho que conselhos são muito bons, mesmo que não esteja dirigidos a nós aprendemos algo de util.
Beijos,Vi

Cissa Branco postou o comentário número:

Neli,

Como eu queria ter tempo para ler tudo o que vejo! Na atual fase estou tendo que escolher o que leio e minhas leituras por prazer têm ficado de fora. Louca que esse período acabe e eu possa me dedicar só aos mocinhos, vampiros, roqueiros...

Beijos