O Quarto Dia - Resenha


O quarto dia, Sarah Lotz, Editora Arqueiro
O Quarto Dia
Sarah Lotz
Sinopse


Janeiro de 2017. Após cinco dias desaparecido, o navio O Belo Sonhador é encontrado à deriva no golfo do México. Poderia ser só mais um caso de falha de comunicação e pane mecânica... se não fosse por um detalhe: não há uma pessoa viva sequer no cruzeiro.

As autoridades acham indícios de uma epidemia de norovírus, mas apenas descobrem os corpos de duas passageiras. Para piorar, todos os registros e gravações de bordo sofreram danos irreparáveis. 

Como milhares de pessoas podem ter sumido sem deixar rastro? Teorias da conspiração se alastram, mas só há uma certeza: 2.962 passageiros e tripulantes simplesmente desapareceram no mar do Caribe.



Não costumo transcrever as sinopses nas minhas resenhas, mas os livros de Sarah Lotz tem sinopses tão perturbadoras que só você lendo para entender o que eu digo. Mas o livro também nos atrai com sua capa enigmática e suas bordas sombrias, sim, suas laterais, incluindo as páginas, veem num azul no mesmo tom da capa.
Então, prepare-se para uma atmosfera tensa do começo ao fim.

Vamos conhecer o navio "O Belo Sonhador" que pertence a uma companhia de cruzeiro de reputação pra lá de duvidosa.
O livro é dividido em partes, cujos títulos se referem a certos passageiros ou tripulantes, então encontraremos títulos como: "A Assistente da Bruxa" ou "As Irmãs Suicidas".
Como disse, tudo em O Quarto Dia conspira para manter um clima de suspense (ou terror?), a gente lê cada linha sempre esperando algo surpreendente.


O quarto dia, Sarah Lotz, Editora Arqueiro

Estaremos inseridos num microcosmo, representado pelo navio, onde as personagens em destaque tem seus segredos e eles estarão lá até mesmo para fugir do lado obscuro de suas vidas, que deixaram para traz em terra firme.
Em certo trecho é citado de forma bem superficial o caso da embarcação Mary Celeste um caso de navio fantasma, e eu curiosa como todo(a) blogueiro(a) fui pesquisar. Trata-se de um fato verídico...e é de arrepiar.
Recomendo que não leiam O Quarto Dia minutos antes de dormir, pois terão sonhos conturbados. Falo por experiência própria, vai por mim!

Muito se relaciona este livro à obra anterior da autora, Os Três, alguns até entendem como continuação, mas não é.
Você pode ler este livro sem que tenha lido o anterior. A Quinta-Feira Negra de Os Três até é mencionada algumas vezes, mas não atrapalha em nada o seu entendimento.
O que parece ser uma continuação é a escrita de Sarah Lotz, ela tem um jeito bem peculiar de escrever, aguçando nossa curiosidade, instigante, enchendo nossa cabeça de informações e dúvidas, o leitor que se prepare para processar da melhor forma possível tudo o que é revelado, e principalmente, o que não é revelado.


O quarto dia, Sarah Lotz, Editora Arqueiro
Passagem somente de ida?
Bem revelador, não é mesmo?

O Quarto Dia me fez lembrar da série Lost. Então se você gosta de suspense, teorias da conspiração, sobrenatural e fenômenos inexplicáveis, embarque nesta estória e tenha uma boa viagem.


Leia a resenha aqui no blog de Os Três.



O quarto dia, Sarah Lotz, Editora Arqueiro
Título: O Quarto Dia
Autora: Sarah Lotz
Páginas: 352
Assunto: Ficção sul-africana/suspense
Editora Arqueiro


Baixe um trecho do livro.











Beijos!!


4 comentários:

Edna postou o comentário número:

mais uma bela historia para emocionar.. bjs Edna

adelia_daniela postou o comentário número:

nossa gostei! deu vontade de ler!!!
beijinhos!
http://adeliadanielablog.blogspot.com.br/2016/05/minecraft.html

Adriana Balreira postou o comentário número:

Uauuuu...Deve ser um livro e tanto. Adoro esse tipo de narrativa, cheio de mistérios. E tudo em um navio...assombroso mesmo. Não conhecia essa autora.
Beijos
Adriana

Alessandra Salvia postou o comentário número:

Oi Neli,
Eu quase pedi esse livro para a Arqueiro, mas preferi pegar o da Julia Quinn que estava em atraso.
Parece ser muito incrível, não sabia que tinha um livro anterior, mesmo não sendo continuação, quero lê-lo primeiro.
Beijos
http://estante-da-ale.blogspot.com.br/