A Transformação de Raven - Resenha


Transformação de Raven, Sylvain Reynard, Editora Arqueiro
A Transformação de Raven
Sylvain Reynard

Resenha:
Esperava pelo lançamento deste livro desde o fim da trilogia "O Inferno de Gabriel".
Provavelmente, os fãs de Sylvain Reynard já sabiam que um certo personagem, que teve participação relâmpago em "A Redenção de Gabriel" ia ganhar uma série própria e eis que ficamos aguardando a série "Noites em Florença".

Mas antes do livro 1, foi lançado uma prévia nos apresentando o submundo de Florença e seus seres sobrenaturais, "O Príncipe das Sombras" é considerado o livro 0,5.
Veja a resenha AQUI.

A Transformação de Raven veio logo em seguida (ufa! ainda bem!), ambientado na cidade de Florença, conhecemos o mundo de Raven Wood, uma jovem que trabalha como restauradora de obras da renascença, na Galleria degli Uffizi, e tem uma vida cuja rotina é bem monótona e solitária.

Galleria degli Uffizi, Transformação de Raven, Sylvain Reynard, Editora Arqueiro
Galleria degli Uffizi

Mas tudo muda quando o Príncipe do submundo cruza os caminhos de Raven. Ele se chama Willian York e salva Raven da morte, a partir daí suas vidas se encontram constantemente.

Apesar de sombrio e perigoso, o Príncipe protege Raven de tudo e de todos, desde que se conheceram ele não consegue deixá-la.
Raven, por sua vez, mesmo sabendo e intuindo sobre o lado obscuro de Willian, não o teme, muito pelo contrário, desde o início se sentiu atraída por ele. E esta atração mútua cresce a cada encontro. Ele se interessa por ela de uma forma que nunca aconteceu em seus 700 anos de existência.

Na trama há muito perigo e mistério.
Há o roubo das ilustrações de Botticelli e Raven torna-se uma das suspeitas, tendo em vista que após o furto ela desaparece por uma semana e depois de seu retorno ela não se lembra o que aconteceu.

Seu envolvimento com o Príncipe também a coloca na mira dos inimigos sobrenaturais de Willian. Ela passa a correr perigo constantemente e isto os coloca numa situação que faz com que se tornem cada vez mais próximos.
O envolvimento amoroso é inevitável e muito aguardado.

Como já é típico na escrita de Sylvain Reynard, há muito romantismo e sensualidade e nesta obra ainda contamos com o erotismo, muito mais explícito do que em obras anteriores.
O autor (ou autora) é mestre em nos expor a cultura e arte renascentista. Descreve e cita lugares de Florença que parece que estamos vivendo junto com as personagens, tamanho é a riqueza de detalhes. Também usa com bastante propriedade citações bíblicas e poéticas de vários autores. Enfim, transforma um romance fantástico/sobrenatural em uma verdadeira aula de cultura.

Um fator bem interessante nesta obra é que a protagonista está longe do estereótipo de beleza dos dias atuais.
Ela possui uma deficiência que a faz usar uma bengala, tal deficiência foi ocasionada por uma agressão que sofreu ainda bem jovem. Raven usa óculos, está acima do peso, os rapazes à sua volta não se interessam por ela, mas Willian explica que seu ideal de beleza remonta ao Renascimento e como sabemos, naquela época as mulheres eram consideradas belas quando possuíam formas mais avantajadas, o que significava que eram fortes e saudáveis.
O Príncipe prova seu gosto por mulheres renascentistas ao mostrar As três Graças e explicar seu ponto de vista para Raven se convencer que é uma mulher atraente.

As três Graças, Botticelli, Transformação de Raven, Sylvain Reynard, Editora Arqueiro
As três Graças - A Primavera de Botticelli

Para Raven, todos nós temos deficiências, seja ela física, moral ou social.
Willian é fisicamente lindo e perfeito, mas tem como deficiência o vampirismo e é desta forma que eles acabam se aceitando, cada um com a sua deficiência.

" _ Não entendo dessas coisas nem vou fingir que entendo. Tudo que posso dizer é que acho que ninguém é perfeito, humano ou não humano. Se a perfeição for o padrão da normalidade, todos nós somos um fracasso." Pag. 361

Apesar de se tratar de uma série, este livro tem um final, pelo menos no que diz respeito a esta primeira parte. Porém, o autor foi magistral ao deixar um gancho para o próximo livro. Não tem como não ficar curioso para o livro 2 que virá.

Atenção distraídos:
Após o glossário e os agradecimentos, continuem lendo, pois há duas cenas extras de "A Redenção de Gabriel" e uma cena extra de "A Transformação de Raven".
Então, não façam como eu, que parei nos agradecimentos e só depois de dois dias que havia terminado a leitura é que fui descobrir estas preciosidades...OMG!

Transformação de Raven, Sylvain Reynard, Editora Arqueiro


Título: A Transformação de Raven
Autor: Sylvain Reynard
Páginas: 448
Assunto: Ficção americana

Leia a sinopse AQUI.


Beijos!!


4 comentários:

O meu pensamento viaja postou o comentário número:

A ação passa-se em Florença!
Florença é uma cidade incrível!
Logo, não perder o livro!
Beijinhos

Adriana Balreira postou o comentário número:

Não li O Inferno de Gabriel, mas essa temática é do estilo que eu gosto. E pelo que vc resenhou o livro é bem gostoso de ler, mesmo com esse lado sombrio!
Boa dica
Beijos
Adriana

Luma Rosa postou o comentário número:

Oi, Neli!
Não li nada da autora, mas a sua resenha foi tão cativante que deu vontade de me inteirar de tudo sobre sua obra. Esse mix de conteúdo é muito atraente!
Ah, que sabedoria! "Se a perfeição for o padrão da normalidade, todos nós somos um fracasso."
Beijus,

Lu Vilela postou o comentário número:

Oi Neli boa noite!
Você tem ideia do quanto você deixa a gente louca pra comprar o livro e ler rs....ainda mais porque eu adorooo livro que tem continuação ;)
Bj Lu