O que importa na vida?

30 setembro 2014 |

Orquídea
Orquídea que floresceu nesta semana

Em minhas reflexões pré-aniversário, fico divagando sobre tudo o que passou, pelo que passei.
Lembro que há momentos difíceis de relembrar e há muitos outros cheios de alegria e felicidade, que se eu tivesse o poder de viajar no tempo gostaria de revivê-los novamente.
Mas, uma coisa a experiência tem me ensinado, a dar valor naquilo que realmente tem importância.
Quando mais jovem o sonho era cursar uma faculdade, ter uma profissão, ser independente financeiramente. A letra da música "Química" da Legião Urbana traduz bem os objetivos de uma filha da classe média sofrida dos anos 1980.
Hoje, admito que consegui quase tudo que um dia almejei.

Caminhada, Caprichos by Neli
Avenida onde faço caminhada, agora, todas as manhãs 
e as vezes me aventuro na bicicleta

Mas, refletindo, o que importa nesta vida?
Depois que a gente consegue o que achava que era essencial na vida, percebemos que é nos detalhes que está a felicidade e as coisas boas da vida.
Já faz um tempo que valorizo fatos simples do cotidiano.
Se quero ter um carro mais novo e melhor?
É claro que sim.
Mas isto já não é minha prioridade.
Se quero uma casa maior e mais valorizada?
Isto para mim já não é tão importante.

Beija-flor
Beija-flor que sempre nos visita

Quero curtir o momento, não ser tão materialista. Afinal, não sei mais quanto tempo eu tenho.
Quero bater de frente o menos possível com meu marido e filhos, cheguei à conclusão que não vale a pena, eu tenho que aproveitar o meu tempo com eles...na alegria e na tristeza, na saúde e na doença, na riqueza e na pobreza...e que assim seja!

Bagunça, desorganização

Aprender a ser até mais tolerante diante da desorganização, que sempre dá um jeito de se instalar, mas que eu, por mais organizada que goste de ser, as vezes, deixo a vida me levar.

Beijos!!


12 comentários:

Edna disse...

que lindo post Neli.
quero nessa fase da minha vida curtir minha familia..meus amigos...as coisas materiais ja naõ fazem falta.
quero valorizar a vida..os momentos unicos. bjs Edna

Beth Salvia disse...

To emocionada com seu texto, liiiiiindo de viver. É isso aí, percebe agora como o tempo nos amadurece e nos torna uma pessoa melhor? Quantas vezes perdi meu tempo com coisas bobas, com o tempo a gente prioriza outras coisas como a boa convivência, o amor, o carinho, a compreensão. Parabéns adiantado, bjus

Mª Fátima disse...

Lindo post! O que importa realmente na vida é viver intensamente o amor, a família e os amigos queridos. Às vezes é necessário deixar a vida nos levar... porque o que importa é saber viver. Bjs e ótima semana.

piteis da dinha disse...

Oi Neli, que post mais sincero e bonito, parabéns...
Não sei a data do teu aniversário , mas isso não importa muito, pq hoje, amanhã e sempre, vou desejar muita saúde e alegrias no teu caminhar.
Bjsssss amiga e que Deus te ilumine sempre

Lu Vilela disse...

Oi Neli,boa tarde!!
Linda sua postagem é uma linda lição de Vida.
Ser feliz é o que importa mesmo,fazer da sua casa um Lar feliz e amoroso,ter amigos e se alegrar nas pequenas coisas do dia dia faz a vida mais bela :)
Bj Lu

Janete disse...

Que lindo Neli!!!! Muito verdadeiro isso, as vezes a gente perde mesmo um tempo precioso, por não aproveitar o que se tem no momento... Amei!!! É uma reflexão pra se fazer... Bjs

de bem com a vida disse...

Olá Neli querida, adorei sua postagem realmente parei pra pensar em tudo que li e vi que preciso tbm fazer mais isso parar com essa mania de organização que muitas vezes acabo ficando chata e viver mais o momento com os filhos e marido vou levar como dica pra mim essa sua postagem bjs

ღღღღ Cici ღღღღ disse...

Vc está certíssima. Sabedoria pura.
É na simplicidade que a felicidade se esconde.
O importante é perceber isso a tempo de poder curtir e usufruir do que temos, ao lados das pessoas que realmente são essenciais pra nossa vida, né!
Parabéns.
Bjns
:)

Roselia Bezerra disse...

Olá, querida Neli
Vale a pena curtir a nossa família sim e vc faz muito bem de ser tolerante com eles mesmo sendo a razão sua pois um dia verão o quanto vc é uma super mulher e mãe...
Seja feliz e abençoada!!!
Bjm fraterno

Lia Gloria disse...

Neli, fico impressionada o quanto somos parecidas, e o quanto as tuas reflexões me traduzem.
Nas pequenas coisas mora a nossa alma, certamente.
Hoje eu sei, que estar certo não é mais importante rs
Acho que a vida está mais palpável, agora. Já consigo relativizar. Tenho um outro olhar, mais complacente com os meus erros. É bom demais! A maturidade é o prêmio, não achas?!
E tu, sabiamente absorveste isto.
Te adoro amiga. Sonho com o dia em que vamos bater papo, e devanear sobre as inquietudes, os prazeres, as ilusões e desilusões, e vamos rir muito de nós mesmas!

bjs

Tuca disse...

Oi Neli, voce nem imagina como o seu post caiu em cheio na minha mão. Um dos motivos de ter me afastado de algumas coisas, foi para colocar outras em ordem. Me livrei de algumas tranqueiras, e agora estou muito bem. Em certo momento da vida conseguimos dar valor e enxergar coisas que anteriormente não davamos a devida importância. Seja feliz e aproveite a vida, nunca sabemos o dia de amanhã. Bjs.
Tuca.

Cíntia disse...

Post perfeito, Neli!!Identifiquei-me muito com vc :) e como é interessante percebermos o quanto mudamos, né? Eu valorizo tanto a simplicidade hoje, a natureza, o estar com minha família.Tudo o mais fica pra quando der...
Beijinhos :)

 
Caprichos by Neli © - Todos os Direitos Reservados
Desenvolvido por Onze Web.