Porque não fecho o meu blog?

20 março 2014 |

Porta, fechar blog

Já faz algum tempo que a ideia de fechar o blog passa pela minha cabeça, afinal, sou uma mulher de fases!
Já fui mais disciplinada e empolgada pra tirar fotos, mesmo que as fotos do início do blog sejam um horror, mas com o tempo fui prestando mais atenção, me dedicando mais e hoje acho que está bem melhor do que era no começo, porém, nem sempre tô inspirada e com coragem pra tirar fotos.
Antes, estava sempre matutando sobre o que postar, sobre os assuntos que iria tratar, mas, ultimamente já não tinha disposição, vontade e inspiração.
Eu olhava pro note (book), o note olhava pra mim e lá ficávamos nós, cada um no seu canto.

Esta aversão não se referia somente ao blog, era com o mundo virtual de um modo geral. Andava com preguiça de navegar pela internet, ficava dias sem me conectar, cheguei ao ponto de não tomar ciência do falecimento da mãe de uma amiga, pois não acompanhava as atualizações do Facebook.

Porta, fechar o blog

Mas, voltando à questão inicial: porque não fecho o meu blog?

Porque meu blog é, acima de tudo, um diário virtual, mesmo que não tenha mais leitores, eu também publico um blog para os meus filhos, mesmo que eles ainda não leiam meu blog, mas tá ai, salvo para que eles, no futuro, se lembrem da nossa rotina, de momentos simples, mas que farão, para sempre, parte da história da nossa família. Para que se lembrem das comidinhas que a mamãe fez, dos passeios, das festas no final do ano, da decoração de Natal, dos meus artesanatos.
E como se trata de um blog pessoal tem tantos registros do meu cotidiano, que não poderiam estar arquivados, senão, aqui, no meu cantinho virtual.

Porta, fechar o blog

Não fecho o meu blog, pois tenho grande estima pelas amizades que fiz e faço através deste veículo. São pessoas tão diferentes, que se não fosse pelo blog eu jamais teria conhecido um universo tão rico em diversidade.
Não fecho o blog, pois gosto da minha mente trabalhando pra atualizar as postagens (mesmo que não sejam tão frequentes), pensando o que vou escrever, que fotos irei mostrar, pra mim isto funciona como um exercício mental fantástico.

Eu, realmente, gosto da blogosfera, tem tudo a ver com o meu perfil.  Quem me segue aqui e no Face, já deve ter percebido que não sou presença constante lá pros lados do Face, lá não posto muita coisa, nem falo tudo o que penso e sinto.
Gosto mais do blog, do seu jeito mais reservado, só segue quem realmente gosta de navegar na blogosfera. Ai vem os da parte contrária e me dizem que no Face há mais interatividade, dá pra curtir, comentar é mais fácil...eu sei de tudo isto e até concordo, é claro, mas ainda prefiro este jeito quase artesanal de postar, escrever mais calmamente, revisar o que eu escrevi, escolher as fotos, passar por um editor de imagens, por marca d’água, efeitos, moldura (nem sempre ponho efeitos e molduras), adicionar links...

Porta, fechar o blog

Sei também que se fechasse o blog, todos os dias eu estaria vendo e fazendo coisas e pensando: Se ainda tivesse o blog, poderia estar mostrando lá.
Então, é bem capaz que nunca tenha aquela vontade arrebatadora de postar, como acontecia no início, aquela paixão já não existe mais, mas ficou o amor que sinto por este mundinho, onde mostro um pouco do MEU mundinho real.
Sem tantas postagens, sem tantas visitas, sem tantos comentários, mas com muita vontade de continuar contado a minha história, aqui, para vocês!!

E você, porque não fecha o seu blog?

Veja também:



Beijos!!



24 comentários:

Mônica Lima Andrade disse...

Oi Neli!!
As vezes é uma fase , também ando desanima em fazer postagens, mas é a única coisa que ainda estou tendo prazer em fazer é vir aqui e visitar os blogs conhecidos !!Antes queria postar todos os dias, mas hoje falta disposição mesmo tendo conteúdo para isso, mas nunca, nunca pensei em fechar o blog, até por que não vejo como uma obrigação fazer postagens todos os dias, acho que deve ser prazeroso vir aqui e fazer e não por obrigação, então quando sinto vontade vou lá e faço o post..
Bjkas!!

de bem com a vida disse...

Oi flor, gostei muito da postagem e agora me animei de novo com o meu . Bjssss.

Mª Fátima disse...

Ah Neli querida, talvez pelos mesmos motivos que os seus e alguns mais. É assim mesmo, às vezes o blog e a necessidade virtual se faz tão presente e em outros momentos parece que nos cobra algo que não estamos a fim. O meu cantinho tem me trazido mais momentos felizes, por isso o mantenho. Também não sou o tipo de blogueira que se vê obrigada a postar com certa regularidade, comigo funciona mesmo é na base da inspiração. Acho que é isso! Bjs

janne falcão disse...

MInha flor , muitas vezes penso em voltar a blogar , porque , o escrever é um exercicio , e também uma forma de materializar , alegrias , pensamentos , parece que coloca-los e compartilha-los os faz mais reais , mas , percebi que a internet estava me afastando do meu dia a dia , o face também ando me distanciando não fico por muito tempo , é uma vitrine de egos , mas também tem muita coisa interessante , mas retornei para a leitura , para o convivio maior com minhas filhas . venho muito pouco a blogofera e quando venho e leio e revejo as queridas que tenho por aqui volta toda a vontade , vamos ver como vou admistrando meu tempo . Seu blog é sempre um cantinho gostoso , vai mantendo assim , quando os pesnamentos transbordarem registra aqui . <3 um bjo muitas saudades

monik e suas artes ventura disse...

Olá Neli
Tudo que você escreveu eu concordo pendo da mesma maneira, as vezes fico relendo listagens antigas e fico emocionada com tudo que escrevi, acho que os blogs não haviam outros interesses, cultivávamos amizades que mesmo virtual tornavam se fortes e verdadeiras. Quando penso nisso permaneço com o meu blog e te peço permaneça com o seu, você é muito importante para muitas de nós.
Beijos

Lu disse...

Oi Neli,boa noite!!
Acho que todas temos um enorme carinho pelo nosso blog como você disse é um pequeno diário das nossas vidas e onde tivemos a oportunidade de conhecer pessoas mais que especiais.
Sabe que esses dias fui procurar uma receita e acabei ficando um tempão relendo as postagens e me deu uma saudade do meu cantinho virtual.
E agora lendo sua postagem me animei a voltar a blogar .
Obrigado pelo incentivo
Beijo Lu

clo disse...

Oi Neli, como dissemos no nosso ultimo encontro, tudo é fase..., mas acho que voce não deve fechar o seu blog não, pois voce gosta muito de escrever, posta sobre diversos assuntos alem dos arsanatos. O meu esta totalmente abandonado, mas não tenho coragem de fecha-lo, pois foi através dele que conheci muita gente que guardo dentro do meu coração, tem muitas histórias..... Quando tiver mais tempo vou voltar a postar nele. Bjs

Fernanda de Oliveira disse...

Concordo com você e com todas que comentaram. Quem sabe depois da funilaria completa a gente volte a blogar com mais frequência e inspiração, já que tempo ocioso é o que teremos de sobra rsrsrs. Beeeeeijo ♡

Fernanda de Oliveira disse...

Concordo com você e com todas que comentaram. Quem sabe depois da funilaria completa a gente volte a blogar com mais frequência e inspiração, já que tempo ocioso é o que teremos de sobra rsrsrs. Beeeeeijo ♡

Lia Gloria disse...

Nossa, Neli! Incrível como falaste por mim!
Não fecho o meu blog pelos mesmíssimos motivos: pra mim é um diário, não sou mais fissurada pelos comentários, tenho medo de perder contato com vcs, sei que vou me arrepender kkkkk
E sobre o facebook, também não fico direto lá. Acho muito invasivo, e as pessoas agem como no big brother, as vezes esquecem que estão numa rede social e vacilam.
Já vi cada coisa por lá. Já me decepcionei com tanta gente que eu admirava. É o ônus da intimidade rsrs quando passamos a conviver com as pessoas, podemos nos aproximar ou passar a fugir delas, que nem o diabo da cruz rsrs
Estou ausente da blogosfera porque o momento é de dedicação total à doulagem. Mas ando doida pra voltar!
Saudades de ti, meu anjo...

Ah! Vi que a Rosana Remor vai me passar nos comentários hehehe

bjs

Miriam Bralli disse...

Olá Neli,

Você no início disse tudo:
"Já faz algum tempo que a ideia de fechar o blog passa pela minha cabeça, afinal, sou uma mulher de fases!"

Somos sim mulheres de fases...

só que o que é bom, deve permanecer, é o caso dos Blogs, quantas experiências, histórias e registros, pedacinhos de nossas vidas...

está sendo uma fase menos intensa, porém como tudo na vida passa, logo chega a fase de novas experiências e aí novos interesses virão...

Fechar, nunca...

Seria deletar uma parte linda da sua vida que te dá prazer e realização...

Lembra quando você me levantou e me ajudou a dar um rumo novo lá no Prato???
Sou Grata Infinitamente...

Espero te ver muito tempo ainda por aqui...

Deixe as portas abertas, para arejar o ambiente, sinto cheirinho de boas ideias no ar!!!
Te Adoro...
1000 Beijokinhas

Adelaide Araçai disse...

Amiga eu tenho posts incriveis que por vezes mentalmente elaboro e até sei como serão os comentários, só que por falta de tempo ou vontade não foram parar no blog. Meu blog não surgiu para ser lido, ele apenas veio ao mundo num momento que eu ingenuamente acreditei que precisava ser blogueira para comentar os blogues que visitava, e com o tempo tornou-se parte de mim. Mas assim como eu pinto as unhas 1 ou 2 vezes na semana em algumas temporadas, seguidas de outras sem esmalte algum. Assim é meu lado blogueiro. Vinga conforme meu desejo livre de viver.

Muita Luz e Paz
Abraços

Anna Silva disse...

Olá Neli querida!!
Entendo perfeitamente esse mix de sentimentos em relação a vida do blog.
Também já passei por esse momento e ano passado revi meus conceitos a respeito, pq como assim fechar?? Fechar, parar com tudo é muito... (nem sei dizer!!).
Penso q parar, pensar e deixar, como bem disse a Miriam aqui em cima, "as portas e janelas abertas" para que o ar entre e renove os ares.
Eu tb troquei a frequência diária e desesperada por qualidade e calmaria. Posto qdo posso e somente aquilo q me faz feliz ou me toca.
Momentos de família são registros lindos para o futuro e ao fazermos no blog tocamos não só os familiares como também as pessoas q nos querem bem.
Enfim, deixe ABERTAS todas as portas e janelas e continue aqui para nos alegrar e encantar sempre e sempre. São pessoas como vc q fazem dessa blogsfera um lugar tão gostoso e divertido.
Bjokinhas e... q venham muitos e muitos posts para rirmos e chorarmos de emoção; afinal a VIDA é feita de tudo isso e é exatamente por isso q ela é tão bacana e divertida. Bjs. ;D

Edna disse...

Neli..

por tudo que comentamos no nosso ultimo encontro...vc disse tudo que gostariamos de ouvir...realmente meu blog faz parte da minha vida... lá conto passagens felizes,
mostro meu trabalho até como modista e modelo..(pode)rss.E foi através dele que nos conhecemos,e hoje vcs fazem parte do meu cotidiano...
Isso será um legado para meus netos.Saber como éra sua avó... suas manias, suas amigas..suas verdades e até seus passeios (muitos por sinal). Que bom poder rever nossos conceitos e voltar a blogar. Escrever a nossa história..mesmo sem ninguém comentar.
bjs com carinho e muita admiração por vc
Edna


Edna

Rosana Remor disse...

Amiga, vc leu meus pensamentos...hoje mesmo pensei em abandonar o meu...ando trabalhando demais e não dá temo...blogo ao meio dia e meia depois de lavar a louça ou a noite.mas aí vem a preguiça de fotografar, de escrever, de deixar recados...Mas vc me deu uma animada, vou repensar na minha ideia.Eu gosto de ter um blog, mas ás vezes, eu fico desanimada e não quero nem saber dele.Mas acho que é uma fase...passa.bjs.

Beatriz Paulistana disse...

Boa tarde amiga Neli!!!
Bem, fico feliz em saber que seu blog é tão importante e que tens essa consciência que não deve fechá-lo, visto que é mais um arquivo pessoal...
Mas te conto, já exclui um blog com muito conteúdo e hoje podem me pagar para excluir o atual que já não faço...sabe ele é nosso cantinho, estando ou não a fim de postar, com inspiração ou não, o que está lá foi feito com carinho, dedicação, levou tempo...então não farei mais...ficará de lembrança para os filhos, da mesma forma que você pensa.
Então é isso...
E fiquei feliz por demais com sua visitinha, obrigada!!!
Aproveito para lhe dar os parabéns pelo dia de hoje...é fiquei sabendo que hoje é dia do blogueiro...então parabéns para nós, rsrsrs
Sucesso Sempre!!!
Bjokas...da Bia!!!

Luciana Aragão disse...

Poxa amiga você tocou num assunto que passa pelo mons umas duas vezes na cabeça de uma blogueira...

Tb já pensei, ainda penso...
fica parecendo que não consigo acompanhar o ritmo de postagens, ideias criativas e tals (que não é todo mês que temos. ) A internet quer de nós ideias criativas, mas quando lembro o tanto de coisa legal que conquistei, que vivi e das alegrias que já tive com a blogosfera...puts! Muda tudo! Como vc falou: é um diário eletrônico, opde não estar servindo pra mim agora...mas existem milhares de pessoas que acessam nosso conteúdo e fazem tudo!

bjs

Neli Alves disse...

Olá!
Poxa, até parece que você leu meus pensamentos. Também penso em desistir, algumas vezes. Mas, em seguida penso o quanto o blog já me deu alegrias, momentos de desabafo, arquivo de memórias, coisas assim.
Vou levando, devagar. Quem sabe, um dia, não me entusiasmo novamente, nao é?
Amei o post. Bjks. Iaia Arteira

Marion disse...

É, também nunca fecharia - mesmo estando em ritmo mais lento. É o que sinto de mais consistente na virtualidade! Gosto do face - mas ele é um jeito rápido de saber o que andam fazendo os amigos - mas os blogs, são meu destino favorito! Abs.

Suzana Borges disse...

Neli, quando li o título pensei: Pôxa, logo agora que conheci o blog ela vai fechar! Pois também me senti muitas vezes assim, e pelos motivos que te movem a permanecer com ele lindo e fofo e mesmo que não seja tão frequente as postagens, saiba que em muitas delas você transformou a vida de quem as leu. E com certeza continuará transformando. Bjos.

Lauisa Nogueira disse...

Concordo com você..também sou de fases..as vezes sumo, as vezes estou ativa, adoro essa interatividade mais pacata do blog..tenho Face, gosto, mas amo mesmo o blog...acho bem mais charmoso e privado..tenho meu blog como um diário e sei que lá posso sim expressar o que sinto e penso sem me preocupar tanto com a opinião alheia..no face vejo tanta coisa que fico chateada..beijus e vamu que vamu assim quando der.

Patrícia Gonçalves disse...

Olá Neli
Puxa vc. explicou tudo e mais um pouco.
Tenho visto muitas blogueiras mudando pro face e abandonando o blog. Esquecem que o FB é uma ferramenta de relacionamento bem imediato e bem invasivo tbm. Gosto e uso com cuidado, mas nada se compara ao blog/site.
Gostei da forma que descreveu é como um diário mesmo, escrever, homenagear, compartilhar,ensinar,aprender...um cantinho especial como se fosse nossa casa ou mesmo uma casa especial para receber os amigos.
Não penso em fechar o meu, pelo contrário penso em melhorá-lo. E sem cobranças, sem obrigatoriedade, etc.Fico feliz que não pensa em fechar.

bjs
Paty

Myriam disse...

Pois é amiga, o meu bloguinho tá lá, sozinho, e eu sem vontade de postar. Depois que surgiu o facebook não tive mais ânimo. Mas ....quem sabe né? Bjssss

Maitê Rodrigues disse...

Oi, Neli!!!
Menina, esse sentimento de às vezes pensar em "fechar o blog" é o mesmo que existe em mim. Parece até que somos "almas gêmeas" (hehehehe).
Mas uma vez, logo que passou a empolgação do início, eu pensei mesmo que ele seria o meu diário (não tão diário assim!!!) virtual. E até agora estamos convivendo bem; sem culpas por não postar - porque às vezes a internet me causa aborrecimentos - e eu não vou utilizar um espaço tão bacana pra me causar stress, não é?
Hj, sem querer, acabei fazendo um tour ela blogosfera, e lá estava o seu "Caprichos" na lateral (como um dos prediletos), e cá estou eu...
Adorei sua postagem sobre organização do tempo. Ai, como eu admiro sua capacidade de ser organizada!!!
Saudades de vc!!
Bjs.
Maitê Rodrigues - www.ateliedamaite.blogspot.com

 
Caprichos by Neli © - Todos os Direitos Reservados
Desenvolvido por Onze Web.