Como fazer filho comer verdura e legume?

15 março 2013 |

sopa, legumes e verduras


Acho que aqui em casa acontece o mesmo que em muitos outros lares pelo mundo afora...a mãe sempre querendo variar nas refeições, incluindo verduras e legumes e filhos torcendo o nariz e fechando a boca pra uma alimentação mais saudável.
Ainda tenho um agravante, meu marido não come NENHUMA verdura ou legume. A exceção fica por conta do milho, ervilha e palmito, se é que dá para incluí-los nesta categoria.

E sem chance para aquele artifício, que vejo em muitos sites/blogs, em fazer pratos com "carinhas", quase uma obra de arte, mas que não enganam meus filhos.


Então como eu faço aqui em casa, para que comam verduras e legumes?

Minha 1ª resposta é: eles são "de lua", ou seja, tem época que comem e época que não comem.
Minha 2ª resposta: aproveito cada fase deles.

Quando meu filho mais velho tinha 1 ano e 6 meses ele pedia, diariamente, tomate, então teve salada de tomate, todo dia por 6 meses aqui em casa, pois este foi o tempo que ele pedia tomate.

Teve a fase da alface, e dá-lhe salada de alface.
Vou me adequando conforme eles vão mostrando suas preferências.

Mas quando eles não querem determinadas coisas, eu as "escondo" naquilo que eles gostam, e assim comem sem perceberem.

sopa, legumes e verduras
Há alguns dias, sem querer, fiz uma descoberta, que pra mim só é superada pela criação do fogo e invenção da roda. #aexagerada.


Como tenho cuidado bastante da minha alimentação, no almoço de sábado eu faço, prá mim, sopa de legumes com pedacinhos de carne, sem carboidrato, é uma forma de economizar calorias, já que sábado a noite eu costumo sair pra jantar fora, comer porções mais calóricas.

E eis que meus filhos se interessaram pela minha sopa, que é daquelas que cozinho os legumes, juntamente com cebola e alho, depois deixou amornar, bato no liquidificador, volto pra panela e deixou ficar bem cremosa, por fim acrescento sal e salsinha.

Filho mais velho anda um chato pra comer carne, "odeia" carne de porco, "não gosta" de bife, "detesta" frango, sua mistura tem sido ovo e só ovo frito quase que todo dia, mas tem dias que aceita uma picanha ao molho madeira ou no churrasco do fim de semana.
O tal do frango que ele detesta, come super bem quando faço um estrogonofe ou fricassê de frango...bobinho ele, não?

E é assim que vou levando, quando descubro um meio deles comerem, faço sempre, faço variações e em outros caso eu restrinjo as opções.
Exemplo: não querem suco de fruta natural. Tudo bem.
Não compro refrigerante.
Faço o suco, é o que tem pra hoje.
Ai, como diz o ditado: "se não tem tu, vai tu mesmo."
O suco acaba rapidinho.

E você? como faz ai na sua casa?
Tem um montão de mães vivendo a mesma situação, então, ajuda aí vai!

Veja também:

Beijos!

19 comentários:

Rosana Remor disse...

OI NELI, APESAR DE MEUS FILHOS JÁ SEREM GRANDINHOS, COMPARTILHO DO MESMO PROBLEMA...COMER VERDURAS AQUI É O TERROR!O LUCAS AINDA COME UM TOMATINHO E ALFACE, MAS A CLÁ NÃO COME NADA, TENTA E...VOMITA...ODEIA TODAS AS VERDURAS.EM COMPENSAÇÃO, ELES COMEM TODAS AS FRUTAS, AMAM FRUTAS E SUCO NATURAL...O LUCAS GOSTA DE PEIXE, A CLÁ SÓ COME PEIXE SE FOR NA PRAIA, ELA ODEIA CHEGAR DA ESCOLA E TER PEIXE, TAMBÉM NÃO COME BIFE,MAS COME CHURRASCO.AMAM ESTROGONOFE E FRICASSÊ.E ASSIM A GENTE VAI LEVANDO, ESPERO QUE UM DIA ELES AINDA COMAM.BJS.

Adriana Balreira disse...

Neli,
Não tenho filhos, mas quando eu era criança minha mãe fazia assim, colocava a comida na mesa e dizia: quer comer tem tudo isso, não gostou se levanta e vai para o quarto! Ninguém ousava se levantar. Comia caladinha o que tinha. Tanto que hoje em dia como de um tudo. Mas ela não obrigava, tinha dias que só comia o que queria. E os filhos da minha irmã foram da mesma escola e comem tudo, graças a Deus!
Beijos
Adriana

Liliane disse...

Neli,
aqui é um pouco complicado porque meu filho mais novo é resistente a tudo que ele não gosta (batata, carne, tomate, arroz e feijão).
Ele torce o nariz e não come.
Esses dias inventei uma torta muito boa com legume ralados.
Sabe aquela famosa torta de liquidificador? Misturo os ingredientes do recheio na massa. Fica muito gostoso e ele comeu bem.
Vamos ver até quando, rs.
Mas sua ideia é ótima.
frande abraço.

Manoella disse...

Olá Nely! Esse dilema é realmente bastante comum... Não tenho filhos, mas gosto de às vezes cozinhar pro meu namorado, e como ele não gosta de salada, geralmente faço a própria comida como se fosse uma salada. Ex: arroz com muita cenoura, ou couve. Mas tenho uma dica super boa que o meu irmão uma vez fez com nosso priminho que não gostava de nada. Então, meu irmão fez uma comidinha sem tempero nenhum (ficou horrível). Depois desse dia meu primo não teve mais problemas com legumes, verduras, etc... rsrs
Bjos,
Bom final de semana!

Adriana disse...

É DIFÍCIL, NÉ??? JÁ FIZ DE TUUUDO!!! SÓ COMEM MESMO SE TIVER HAMBÚRGUER... RSSRSRSRSR

BJINHOSSSSSS

Ana Pierri disse...

Ola Neli, boa noite.
Ando meio sumidinha dos blogs, mas os motivos são tantos, que não vale a pena enumera-los., mas voltei.
E lendo seu post tive uma saudade imensa do tempo que quando eu fazia frango xadrez tinha que fazer macarrão pros meninos., e mais um sorteio e eu não ganhei, adorei a ideia da marmita.
Um otimo final de domingo.
bjs.
Ana Pierri

Marcia[madamexereta] disse...

Sabe,Neli,aqui em casa nunca tive problemas com meus filhos no que diz respeito à alimentação,e acho que o fato de terem ido desde sempre para a escolinha ajudou muito!
Hoje são adolescentes e o meu mais velho não é muito chegado à sopa ,mas se não tiver outra coisa,come!
Mas se for preciso ,eu, como todas as mães,faço até mágica para ver meus filhos bem alimentados!
Beijo e uma ótima semana!

Adelaide Araçai disse...

Neli aqui faço kibe com berinjela minha filha adora (mais do que o de carne) e só contei a ela o que era o ingrediente secreto depois da terceira vez, antes era kibe apenas.
E também acho que tem que ser assim aos poucos...banana aqui só vai tipo sorvete ou com leite condensado...pode?
Aqui pode.
Mas de resto tive sorte ela desde bb sempre comeu salada, frutas e verduras...só uma ou outra é que ela rejeita.

Muita Luz e Paz
Abraços

Janete disse...

Sei bem o que é filho não comer nada saudável... tenho sofrido muito com o Alexandre... ele muito ruim de comer, tudo que ele olha, ele não gosta (antes de experimentar)... é uma luta!!!Mas paciencia de mão não acaba NUNCa não é mesmo?? Bjs

Fernanda Reali disse...

Excelente post! Vou compartilhar. Essa tua sopinha eu faço e bato no liquificador, depois junto no caldinho de feijão sem gão, ponho numa caneca bem grande aquecida, salpico batainha palha, arroz e cheiro verde. Guga come sem saber, achando que é só feijão temperado. Amei as fotos!

Dani disse...

Neli, minha mãe sempre fez isso comigo, sempre fui fresca para comer e ela escondia tudo. Hoje em dia eu mesma me engano, rs. Não gosto de carne cozida por exemplo, mas quando vou fazer sopa cozinho tudo e bato no liquidificador, perfeito!
Beijos

Ana Claudia disse...

Não tenho filhos Neli, mas em casa comemos muito legumes, adoramos de todas as formas.
Beijinhos

Algodão Tão Doce disse...

Amei conhecer o seu blog,achei maravilhoso. Me visite:http://algodaotaodoce.blogspot.com.br/
Siga-me e pegue o meu selinho!!!

Obrigada.

Beijos Marie.

Casa da Rê etc e tal... disse...

Oi Neli, quanto tempo!
Não posso falar nada, ainda não tenho filhos, mas menina, lá em casa era uma luta, pois duas, eu e minha irmã, a gente era ruim de comer mesmo.
Minha mãe tentava fazer isso, misturar com algo que gostávamos, sabe, ou então colocar coisas que não comeríamos normalmente numa sopa. E ela sempre fala até hoje, até uma determinada idade a gente comia de tudo, sem reclamar, depois que ficamos "escolhendo" srsrsrsrs.
Hoje tem coisas que como e se não gosto, vou fazer o quê? não como!
bjs

Maitê Rodrigues disse...

Oi, Neli!! Realmente, temos que ser muito criativas pra fazer com que nossos filhos tenham uma alimentação saudável. Não existe fórmula mágica, o negócio é usar sempre, até que o paladar se acostume. Os meus não comiam salada de folhas, nem cenoura,nem cebola que estivessem visíveis, e hj, depois de adultos, comem tudo, e gostam. O paladar é muito adaptável, felizmente. Vale a pena insistirmos numa alimentação saudável, pois só temos a ganhar com isso, né? Bjs. Maitê Rodrigues - www.ateliedamaite.blogspot.com

Cris. B disse...

Ola, florzinha!

Vim aqui avisar a todas as amigas que me acompanham e me seguem que eu mudei o endereço do blog como havia explicado atraves da postagem que fiz, entao, hoje estou aqui pra deixar um beijinho pra ti e tbm deixar o endereço http://invencionicesdacris.blogspot.com.br/

Fique com Deus!

Bjinhos!

Cristine.

Lia Gloria disse...

Então essa história de fases não é só aqui. os meus também, vivem assim.
numa época gostam muuuuoto de determinada fruta ou legume.
e eu fazia tudo errado. quando eles tinham as fases, eu dava até se fartarem. acontecia que ele enjoavam e paravam de comer.

Isabela tá igual teu filho, se depender dela, só come ovo.

O refrigerante aqui é bem controlado, também. A Isabela nunca gostou mesmo \0/
em compensação, o Guilherme... é louco!
Ewerton parou de tomar, e eu estou tentando. mas já passei 4 anos sem tomar refrigerantes.

Ah Neli, que postagem boa!
ri do teu filho que não gosta de frango, só no fricassê ou estrogonofe, o esperto rsrs

bjs

António Jesus Batalha disse...

Estive a ler as suas receitas e tem pratos fabulosos, e um aspecto bom, confio em si, e vou tentar adaptar algumas à cozinha. Quero dar-lhe os parabéns pelo blog pois é muito bom.
Tenho um blog que gostava que conhecesse. O Peregrino E Servo.
PS. Se desejar fazer parte dos meus amigos virtuais esteja à vontade decerto que irei seguir também o seu blog.
Que haja paz e saúde no seu lar.
Com votos de saúde e grandes vitórias para sua vida.
Sou António Batalha.

Ines Wiltshire disse...

Problema complicado esse, já passei desta fase com crianças em casa. Mas agora tenho uma netinha com 3 anos. Quando fica comigo eu coloco couve, beterraba e outros legumes no feijão e ela vai comendo.
Bj...Bj
artemadeiraevida.blogspot

 
Caprichos by Neli © - Todos os Direitos Reservados
Desenvolvido por Onze Web.