Blog Retrô - Reflexões


Escolhi um post que tem um texto que reflete bem o que estava sentindo e o que sinto atualmente, clic aqui para ler.


Bjs♥

10 comentários:

So artes postou o comentário número:

Oi Neli, realmente o essencial é o que vale a pena :)
Querida, tenha um lindo final-de-semana, viu?
beijinhos carinhosos
So *Ü*

Neli Alves postou o comentário número:

"Caminhar perto de coisas e pessoas de verdade...
O essencial faz a vida valer a pena...
E para mim
Basta o essencial!" -Rubem Alves
Amei o post! Muito lindo esse poema! Rubem Alves é demais, não é?
E por pensar como ele, a mim basta o essencial - a amizade, ainda que virtual. Isso alimenta nossas almas. Bjks. Neli

Andreia Lica postou o comentário número:

Neli,

As vezes precisamos olhar para dentro de nós e descartar o supérfulo, viver de maneira simples e autêntica.

Bjão

david era uma vez... postou o comentário número:

Nossa Neli, lembro me do post das Jabuticabas e das vesperas do seu niver.
E o post continua tão apropriado como fora na época!

Beijos minha amiga!!

Nárriman postou o comentário número:

Neli, na época da publicação de seu post de aniversário eu copiei esse texto e me serviu bastante.
Bjs!

Veronica Kraemer postou o comentário número:

Neli querida, eu amei este post , li na época, e é sempre bom rever!!!
O texto é maravilhoso!!!
Beijossssssssss pra ti, e uma linda semana
Vero

Plasti Festa postou o comentário número:

Estamos na idade da maturidade, onde, certos comportamentos sõa tão transparentes e nos entristece saber que o tempo q temos é curto... querida amiga virtual, vc tem energia e sensibilidade para saber o que é essencial... os demais precisam sofrer um pouco mais, infelizmente, para chegar onde vc está. Um beijo grande de quem te deseja felicidades junto aos teus.
Nelza Lau

Regina Laura postou o comentário número:

Que lindo Neli!!!
Mas só podia mesmo ser daquele fofo do Rubem Alves...
Nossa, como me identifico com essa fase que vc está passando e que é tão bem retratada no texto.
Não há mais tempo a perder com mimimi, com as pequenas hipocrisias do cotidiano, com rancores eternos e com quem se recusa a amadurecer.
As jabuticabas se vão rapidamente.
É tempo de saborear e viver com calma e prazer.
Adorei!!
Beijo grande querida

Fabiana Tardochi postou o comentário número:

Bom dia Neli!
Lindo e autêntico. Caiu como uma luva!
Olha, a parede do canto do meu quarto é uma textura e eu já ensinei como fazer no blog. Veja lá na tag texturas ou lar-doce-lar.
Beijos ♥

Edlena Franklin postou o comentário número:

Oi, Neli!
Estava enoorrrrme há uns anos e com força de vontade e hábitos saudáveis perdi 15 quilos sem remédios nem produtos "da moda". Fechei mesmo a boca e segui todos os sábios conselhos que ouvimos e lemos por boa parte da vida e nunca levamos muito a sério. É um pouco chato no começo adaptar o organismo à nova rotina e principalmente AS PESSOAS! Se a força de vontade, o bom humor e jogo de cintura não imperarem, são os outros que nos sabotam... Então temos que ver adiante, ter uma meta e paciência, sem neuras! Nas férias é bem difícil me alimentar direito, mas tenho acordado cedo e feito caminhadas com o maridex, o que ajuda a compensar os excessos.
Beijos