Desacelerando a vida


Em alguns momentos da vida têm-se a sensação de que o tempo passa rápido demais, de que os anos se foram. Isso acontece por causa do ritmo acelerado que se vive atualmente. Muitas vezes é preciso repensar a forma como se administra a vida como um todo, tanto no campo profissional qto pessoal.

Desacelerar a vida não significa abrir mão das atividades, mas sim organizá-las de maneira que sejam divididas por prioridades ou importância. O excesso de atividades e o não planejamento do tempo fazem acumular obrigações e assim não haver tempo para refletir sobre o que realmente deve ser feito ou não.



Um planejamento de vida, uma busca ao necessário e principalmente a consciência de que há um tempo determinado para tudo é essencial para dar um novo ritmo à vida, e assim descobrir novos prazeres que estavam camuflados pela correria do dia a dia.

O importante no planejamento é colocar além das obrigações, o relaxamento, os momentos de prazer e também espaço entre uma ativdade e outra para o merecido descanso. Ao mesmo tempo, é válido lembrar que o contato com a natureza, atividades que tragam bons momentos são fontes essenciais de energia para enfrentar a rotina das atividades profissionais e pessoais.


Desacelerar a vida significa, acima de tudo, planejar o tempo, as atividades e assim descobrir que tudo pode ser feito, desde que saiba que ao diminuir o ritmo muita coisa que ficou para trás pode ser novamente incluída na vida.


Fonte: Minha Agenda Zen 2011-Tilibra.

Bjs♥

9 comentários:

Bela postou o comentário número:

Ei anjinha Neli!!!!!Saudades....agora no fim de ano tomo mundo corre...Eu estou ficando doida com tanta prova...Bjks. Bela.
www.anjinhasdegloss.blogspot.com

janeladesonho.blogspot postou o comentário número:

Oi Nelly , aqui em casa somos eu e o marido acelerados , no dia a dia , mas no finde semana desaceleramos , as vezes , esses dias , inventamos de colocar aquelas luzinhas de Natal , a nova casacata da 25 de março , menina e vai pucha extenção e vamos começar a colocar , o braço já doendo , a coluna gritando e tinhamos colado com cola quente apenas meio metro , olhei pra aqulio e disse para tudo! è pra ser feliz e não tortura , vamos tomar sorvete , ele que sabia da minha ansiedade olhou pra mim rindo e em dez minutos estavamos atacando um pote de sorvete , desacelerar pra ser feliz , bjimmmm adorei o texto

Rosana Remor postou o comentário número:

Estou saindo de férias para desacelerar...não aguentava mais!!Na vida temos que ter um tempo para para e refletir!!Chegou meu tempo!!Bjs!

Adriana postou o comentário número:

Ai, esse corre corre me acaba!! Mas sempre dou um jeitinho de desacelerar; no meio da semana vou a uma pastelaria com a família, ou ao cinema, ou visitar alguém, faço ginástica, blogueio... se ficar só no trabalho, piro!!!!

bjs desacelerados!!!

Adelaide postou o comentário número:

Oi, Neli! Sabe adorei esse texto pois retrata exatamente o que eu passei ao mudar da capital para o interior, derrepente eu tinha tempo sobrando, ia a todo lugar em 5min...sem congestionamento....surtei!!!Até aprender a planejar o meu dia, colocar tudo na agenda, e agora faço muito mais coisas e por vezes vejo as pessoas falarem que não lêem porque não tem tempo...eu arranjei tempo até para isso....rsrs
Tenha um ótimo final de semana
Muita luz e Paz

Helena Garcia postou o comentário número:

OI, amiga !

Saudades de vc, viu? Passeiu pra te deixar um beijinho!!!

AMEI este texto...to precisando desacelerar , amiga....

Um delicioso fim de semana pra vc, querida!
Helena
http://diaadiacorridinho.blogspot.com

Anita postou o comentário número:

Oi Neli, você não imagina como precisava ler isso hoje. Desculpa por não ter vindo no aniversário, mas meu note pifou...perdi tudinho, ele voltou hj purinho... sem nenhum arquivo e sequelado, só Deus sabe qto mais ele ainda vai durar. Mas quero mesmo é que dure as amizades.
Parabéns pelo niver do blog!!!!!bjs.

produtosartesanaisartmanhas postou o comentário número:

Oi Neli, com certeza precisamos deste tempo para repensarmos sobre nossas vidas, principalmente ao fim de cada ano para pesarmos cada momento, bons e ruins, e tirarmos lições de tudo e ter forças para lutarmos e manter o equilibrio. Parabéns pela iniciativa.
Bjos
Andréa

Anna Rachel postou o comentário número:

Desacelerar realmente é a chave de tudo!!
Reduzir o ritmo é mto difícil, mas saber qdo reduzir... é mto mais difícil, todavia... necessário.
Obrigadíssima por nos lembrar dessa necessidade.
Bjs nos corações.