Aprendi a nadar aos 3.5



Hoje vou contar a superação de um medo, quase fobia!

Nunca tive problemas p/ andar de avião, mto pelo contrário, até gosto. 

Vou em brinquedos bem malucos, nos grandes Parques de Diversões desde que tinha 6 anos (naquela época não tinha a plaquinha de advertência que a altura mínima era de 1,50m!!!).

Sempre tive total domínio sobre as baratas que apareceram no meu caminho (coitadinha delas...)poucas ficaram vivas prá contar história, rsrs.

Tirar Carteira de Habilitação e dirigir carro foi tranquilo e prá mim é até um prazer. 
Dirigi por uns 5 anos em Sampa, pegava Marginal Tietê, Av. 9 de Julho, prá quem conhece é super estreita, qualquer vacilo e vc dá uma raladinha no carro do lado, e prá mim, sempre encarei numa boa, sem medo nem fobias.

Posso não ser nenhum Bill Gates, mas me viro no computador, mesmo que mtas vezes com a ajuda dos "amigos universitários", rsrs. 

Falar em público, que prá mta gente é um gde desafio, eu fiz isso pela 1ª vez aos 9 anos, porque minha professora achava que eu tinha boa dicção e falava alto, depois sempre me ofereci p/ apresentar trabalhos p/ a classe, na escola e na faculdade.

Porém, havia uma "pedra no meu sapato": Fobia de por o rosto dentro d'água!!!
Isso mesmo, estranho né! 

Eu entrava numa piscina ou no mar sem problemas, mas desde que não tivesse que colocar o rosto ou cabeça dentro d'água!!!!
Qdo ia na praia, até gostava de ir mais pro fundo, mas, se alguma onda me derrubasse, perdia a graça. 
Engolia água, entrava sal e areia no nariz e eu sou alérgica, passava o resto do dia espirrando,rsrs!

Mas, quem me segue há algum tempo sabe que faço lista de metas p/ o ano, veja a de 2010 aqui. 

Em 2006 uma das metas foi APRENDER A NADAR
Já estava em outubro, mês do meu aniversário, aí falei "a hora é agora", entrei na natação. Achei que ia dar vexame, mas me surpreendi, nas primeiras aulas já conseguia ficar c/ o rosto dentro d'água. 
Em dezembro, 2 meses depois da 1ª aula, o professor decretou: Parabéns, vc já sabe nadar!!!!

É lógico que o que se aprende c/ mais idade, não é a mesma coisa qdo se aprende de pequenininho, por isso já coloquei meus filhos prá aprender, a caçulinha parou porque não gostou mto, mas ainda esse ano ela volta. 

Também não sou nenhuma Poliana Okimoto, mas esse não era o meu objetivo, eu queria e consegui me superar, era algo simples, talvez sem mta importância, mas que me incomodava. 
Admirava demais quem soubesse nadar, dar um mergulho (isso eu ainda tenho que melhorar!).
E depois de ter aprendido me senti mais aliviada, como uma missão cumprida e superada.

Então minhas amigas, se vcs teem algum medo ou fobia, tenham coragem.
Tudo bem se não der certo, sua vida não vai parar por causa disso, mas se conseguir superar, com certeza vcs se sentirão muiiiito melhores.

Um grande beijos a todas(os)!!

25 comentários:

Luciana Casado postou o comentário número:

Nossa, Neli!! Tu não sabe como foi bom ler este post pq a única fobia que tenho é de água, tu me deu ânimo!!!
Bjus, Lu

Myriam postou o comentário número:

Legal hein Ne? Fora que natacao e algo bancana, faz bem e nada melhor do que voce ir pra praia e dar um mergulho, nao fica igual a mim so na beiradinha...rsrs Bjocas
ahhhhh..ia me esquecendo! O Blog ficou legal de cara nova!

Simplesmente Luísa postou o comentário número:

minha fobia só com remédio mesmo!!!
Que bom que conseguiu superar, parabéns!!!! Nadar é uma delícia...
Beijocas

Veronica Kraemer postou o comentário número:

Neli, que lindo exemplo de superação!!! Acho que o melhor sentimento que existe é a felicidade de fazer algo que tínhamos pavor, vem uma sensação de alegria, felicidade, força!!!
Beijãoooooooooooooooooooo e tudo de bom, minha amiga
Vero

Taty postou o comentário número:

Que legal amiga, bela história de superação. eu aprendi a nadar aos 11 anos, ainda bem, viu... Agora dirigir é o meu trauma moorro de medo!!!
Amiga, sobre a questão de aproximar as pessoas, não foi estratégia não juro, até pareceu mas não foi, é que como tenho pessoas queridas que me acompanham no blog, decidi dividir de forma discreta um problema que tenho. Foi isso...
Beijo beijoooo

Pam Salzgeber postou o comentário número:

OI Neli, que legal sabeer como vc já superou tantas coisas, falta muito pra mim, principalmente as baratas rsrsr morro de medo.

Não sei Nadar, e adoro água , e tbm não sei dirigir, mas isso logo logo eu aprendo.

Parabéns , vc me inspira viu!

Aliás tenho muita curiosidade de saber qual cidade vc mora, sou louca pra mudar de Sp e vc fala tão bem dai.

A e outra não sei o que é um "aparador de alianças" rsrsrs.

Beijocas

Taty postou o comentário número:

nem sempre é possível resolver esse probleminha amiga... cada dia a batalha começa tudo de novo...
Beijoss

Taty postou o comentário número:

nem sempre é possível resolver esse probleminha amiga... cada dia a batalha começa tudo de novo...
Beijoss

Fernanda Fernandes postou o comentário número:

Amiga adorei seu novo blog...cara nova né?? e sua boa vontade e sua superação...grande Nely!BJS!!

Adriana postou o comentário número:

Bom dia Nely. Tudo bom? Muito lindo seu relato amiga, como é bom termos essa sensação de tarefa cumprida, não é mesmo. Parabéns! Eu tenho esse sonho também e creio que ainda irei realizá-lo, se Deus quiser rs.
Beijinhos

Adriana postou o comentário número:

Bom dia Nely. Tudo bom? Muito lindo seu relato amiga, como é bom termos essa sensação de tarefa cumprida, não é mesmo. Parabéns! Eu tenho esse sonho também e creio que ainda irei realizá-lo, se Deus quiser rs.
Beijinhos

Silvana Fabbri postou o comentário número:

Oba ... destruindo barreiras, assim é muito bom ... parabéns e muito sucesso, já vi tudo e amei, adorei o look do blog, muito lindo mesmo.
Beijoka e bom final de semana.

meumundocordeabobora.blogspot.com

Pam Salzgeber postou o comentário número:

Tem selinho pra ti lá no meu blog!

Pega lá

Beijocas

Elaine Canha postou o comentário número:

Oi Neli

Eu também aprendi a nadar depois dos 20. Depois da depressão fiquei com medo do trânsio e o meu desafio agora é me motivar pra aprender a dirigir.

É difícil começar, mas quando a gente começa ninguém segura a gente!

Beijos

Tauana postou o comentário número:

Miga fica tisti não rs... eu tô sempre dando uma espiadinha e que como estou sempre no meu serviço é rapidinho e as vezes nem dá pra comentar.
Mas vamos ao post de hoje!!!
Adorei!!
100% superação... isso aí!!
Te admiro!!!
Bjokas!!!!

Larissa L. postou o comentário número:

Oi Neli,
Que legal que vc foi em frente e superou esse "bloqueio".
Cada um tem uma coisa, né? Vai entender de onde sai tudo isso...
Bj

RENATA REIS postou o comentário número:

ACEITAR DESAFIOS, SUPERAR METAS, SÓ CRESCEMOS SEJA ESPIRITUALMENTEOU PROFISSIONALMENTE DESTA FORMA, PARABENS!!!TE ADMIRO, BEIJOS!!!

Cíntia postou o comentário número:

Neli, parabéns amiga!Fiquei muito feliz em ler isso.Eu tenho uma frustração, tenho pavor de dirigir.Já fiz várias tentativas e nada...mas não considero ainda batalha perdida.Quem sabe né? Beijossss

Carol postou o comentário número:

Engraçado que quando eu era pequena, não tinha medo de nada, pulava dentro de córregos sem saber nadar, andava no meio do mato na fazenda e muitas vezes havia cobra, mexia com o gado da vovó, subia em árvores altas, nossa! Tantas coisas que algumas nem me lembro mais, só que eu cresci e as coisas se inverteram, hoje sinto medo de alturas, de córregos, de cobras e ainda não aprendi a nadar, se bem que se me jogarem no meio de uma piscina funda ou rio tranquilo, consigo sair sem dificuldade. Ah! Também tenho medo horroroso de ratos, depois que vi um pular no meu irmão. Sapos são uma mistura de medinho e nojo, só as baratas eu mato-as sem dó nem piedade. O tempo passa, as coisas mudam demais,né? Espero superar alguns outros medos que prefiro nem contar aqui rsrs.
Tenha um ótimo final de semana!
Beijos

Casa Corpo e Cia. postou o comentário número:

Neli!
Que história legal!
Parabéns pela superação e incetivo!
Um ótimo fim de semana!

BjOs da Re.

DRI (No Doce Lar) postou o comentário número:

Passei pra te deixar um milhão de bjsssssssssssssssssssssssssssssss e dizer que te adoro de montãoooooooooooooooooooo!

lu http//:minha-distraçao.blogspot.com/ postou o comentário número:

Oi Neli ,parabens menina tem que ser corajosa pra superar medos ,eu não consigo nem pensar em dirigir .bomfinalde semana beijo Lu

So artes postou o comentário número:

Oi Neli, parabens por ter vencido esse obstaculo querida.....eu tinha panico de aviao...nem sei qd começou, mas hoje Deus tem me ajudado muito a superar isso.....tb adoro falar em publico...rs
Obrigada pela dica, depois vou olhar com calma o site!
beijinhos e um lindo fds querida
So

Viviane postou o comentário número:

Oi Neli,
que legal essa sua determinação em superar essa fobia! Foi legal você contar aqui, assim, serve de exemplo e força para todos.

Ah! Seu blog tá lindo com a cara nova.

Beijos!!!

Deus é fiel postou o comentário número:

Olá Nely!
Vou completar 43anos segunda-feira (05/12) será que ainda tenho chance? rsrsrs
Sempre achei lindo quem sabe nadar,dar aquele mergulho na piscina.(nem pular pra entrar na piscina eu me animo) fui num parque aquático e paguei o maior micão,descendo pela escadinha,tu acreditas?
Fiquei com medo de água desde uma vez que me derrubaram na praia quando eu tava longe da areia...voltei rolando e tomando água.
Adorei essa tua "coragem".
Beijos!
Tô participando do Mosaico com os nº 180,188 e 193.
Elisa